-
Postado em 01 de Julho de 2021 às 10h38

Cobb-Vantress tem unidades reconhecidas como livres das principais salmonelas pelo ICA, na Colômbia

+ Agro (160)

Médica veterinária e gerente de Serviços Veterinários da Cobb-Vantress na Colômbia, destaca elevado padrão sanitário defendido pela empresa

Revista Setor Agro & Negócios Médica veterinária e gerente de Serviços Veterinários da Cobb-Vantress na Colômbia, destaca elevado padrão sanitário defendido pela empresa A unidade de produção de Avós da Cobb-Vantress El...

A unidade de produção de Avós da Cobb-Vantress El Placer, na Colômbia, recebeu reconhecimento de livre de salmonela pelo ICA, a Autoridade de Sanidade Animal daquele país. Esta medida faz parte dos programas nacionais de controle de salmonelas aviárias e paratípicas em conformidade com a regulamentação do ICA e representa um impacto altamente positivo para os avicultores, defendeu a médica veterinária e gerente de Serviços Técnicos da Cobb-Vantress na Colômbia, Fernanda Orjuela. “Este reconhecimento confirma que os módulos ou núcleos da granja El Placer e do incubatório Chinauta estão livres das quatro salmonelas importantes para a avicultura (Salmonella Pullorum, Gallinarum, Enteritidis e Typhimurium), garantindo a qualidade sanitária das aves ali produzidas”, afirmou.

A especialista ressalta a implementação de medidas que visam a prevenção e manutenção das condições de biossegurança, além de elevados padrões sanitários da Cobb. “As principais estratégias se baseiam na prevenção de entrada de salmonela em nossas unidades produtivas através da implementação de procedimentos operacionais padronizados que permitem fundamentalmente o estabelecimento de medidas estritas de biossegurança, controle de entrada e fluxo de pessoas, materiais e veículos, limpeza e desinfecção de instalações, veículos, equipamentos e calçados, além de controle de pragas, entre outras medidas”.

O reconhecimento foi devido ao cumprimento, pela Cobb Colômbia, das disposições da resolução ICA nº 17753 que estabelece o programa de controle e erradicação da salmonelose aviária (S. Pullorum e S. Gallinarum) nas aves de capoeira do território nacional e na resolução ICA nº 17754 que estabelece o controle nacional e a diminuição da prevalência de salmonelas paratíficas (Enteritidis e Typhimurium) nas aves de capoeira no território nacional. Ele acontece após monitoramento oficial da coleta de amostras por um funcionário do ICA para confirmar a ausência de salmonela em cada lote de avós alojado na granja e em cada lote do incubatório.



Sobre a Cobb-Vantress
A Cobb-Vantress é a empresa produtora de aves de corte de pedigree mais longeva do planeta. Com sede nos Estados Unidos, fornece genética de ponta, saudável, de qualidade e acessível para todo o mundo, com presença em mais de 120 países. A Cobb-Vantress é uma empresa global, que utiliza pesquisas e tecnologias inovadoras para alcançar o que há de melhor na indústria avícola global. Para mais informações, acesse a nossa página www.cobb-vantress.com, ou as nossas redes sociais na América do Sul, como Facebook (www.facebook.com.br/cobbamericadosul), LinkedIn (www.linkedin.com/company/cobbamericadosul/) ou Instagram (www.instagram.com/cobbamericadosul).

 

Texto e imagem: Agronoticia

Veja também

Presidente da CNA é reeleito por unanimidade16/09/21João Martins obteve o voto de todas as 27 Federações e vai presidir a entidade no próximo quadriênio O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, foi reeleito na terça (14) para mais um mandato à frente da entidade (quadriênio 2021-2025).  João Martins obteve o voto de todas as 27 Federações Estaduais de Agricultura e Pecuária em uma votação que ocorreu na sede da CNA, em......
Rede Educare em parceria com a BASF expande projeto Leitura no Campo pelo Brasil17/12/21O projeto inaugurou 8 bibliotecas em todo o Brasil em 2021 Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e São Paulo estão entre os estados contemplados.   O projeto Leitura no Campo, que tem realização da Rede Educare e patrocínio da BASF, via Lei de......

Voltar para EDITORIAS