-
Postado em 21 de Maio de 2019 às 15h42

Embrapa anuncia os 10 finalistas do InovaPork

Dez propostas com potencial para inovar a suinocultura. Ideias que vieram do Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e São Paulo e que estão classificadas para a final do InovaPork. Esse é o cenário do primeiro desafio de ideias para a suinocultura, promovido pela Embrapa Suínos e Aves. O evento representa uma oportunidade para universitários, profissionais independentes e startups que queiram participar da pesquisa agropecuária. Também representa um desafio para a pesquisa, que precisa acompanhar o movimento tecnológico que desponta na sociedade.

A primeira fase do InovaPork teve 46 propostas inscritas. Cada uma delas foi avaliada por, no mínimo, 12 especialistas das mais diversas áreas ligadas à pesquisa e à agropecuária. Foram 90 avaliadores que deram suas notas e acreditaram que as propostas finalistas podem causar um impacto na suinocultura. "Esse resultado nos deixou entusiasmados e com orgulho do movimento que se formou na cadeia de suínos, trazendo um olhar inovador", enfatizou a chefe geral da Embrapa Suínos e Aves, Janice Zanella. Os avaliadores desta fase levaram em consideração três critérios, de acordo com o regulamento: Viabilidade Técnica, Diferencial da solução proposta e Potencial de impacto.

Agora, as equipes selecionadas se preparam para estar de 31 de maio a 2 de junho em Concórdia-SC para a etapa final do InovaPork, na sede da Embrapa Suínos e Aves. A programação inclui palestras e visitas técnicas. O objetivo é proporcionar aos finalistas a oportunidade de aprimorar as propostas, participando de uma imersão junto ao setor de pesquisa e produção, além de contar com mentoria de pesquisadores e profissionais de renome nas áreas de agronegócio, tecnologia e negócios. As apresentações de cada equipe acontecem no dia 2, quando serão conhecidas as três propostas vencedoras. A comissão julgadora avaliará quatro critérios nesta fase: Impacto econômico, Visão de futuro, Barreiras de entrada e Desenvolvimento e execução da proposta. Neste dia a programação é aberta ao público, que pode se inscrever até dia 24 de maio, no link disponível na página do evento (www.inovapork.com.br).

As ideias selecionadas:

? Aplicativo para diagnóstico de doenças de suínos usando Inteligência Artificial
Gabriel Luiz Turatti, Jonathan Müller Kunz, Áxel Alex Kovacki Pereira, Guilherme Beber Marin (Concórdia-SC)

? Coopig: Plataforma de monitoramento e gestão produtiva, ambiental e de ambiência para suinocultores
Iskailer Inaian Rodrigues, Claudineia Vieira Raimundi, Milton José Melz, Clarissa Menezes de Souza, Maurício de Oliveira Gondak (Chapecó/SC)

? Filtro lavador de gases para dessulfurização do biogás
Vinícius Araújo Viana da Costa, Luisa Emanuele Milagre, Mateus Carvalho Monteiro de Castro, Vitor Fernandes de Almeida (Belo Horizonte-MG)

? Monitoramento e rastreabilidade no transporte de suínos da granja ao frigorífico ? TransPORK
Vitor Hugo Pereira, Luiz Antonio de Souza Fernandes, Luiza Reck Munhoz, Matheus de Castro Diori (Londrina-PR)

? Scanner 3D para avaliação da espessura de toucinho
Mario Alexandre Gazziro, Osvaldo Guilherme Arreche, Danilo Marquette Lima, Brenda Miura Lunardi, Vitor Alexandre Froge (Santo André-SP)

? Sensor para bebedouro tipo chupeta para eliminar desperdícios de água
Maicon de Bortoli, Letícia Lando, Bruna Bertan (Xanxerê-SC)

? Sentinel: um novo sistema para monitoramento de infecções em suínos
Daniel Santos Mansur, Itamar Durli Junior, Márcio Cherem Schneider, Heider Marconi Guedes Madureira, Alvaro Menin (Florianópolis-SC)

? Solução para alimentação eficiente de matrizes suínas
Maicon Sbardella, Luís F. Santos, Juliano Agnolin, Huanderson G. Brito, Tales Bogoni (Sinop-MT)

? Solução para Inseminação Artificial de Precisão ? Agro 4.0
Jeferson Rodrigo Gatti, Charles Savaris, Gustavo Guimarães, Matheus Parmagnani, Camilla Raldi Gatti (Videira-SC)

? Tecnologia verde de eletrofloculação e eletro-oxidação para o tratamento de águas residuárias
Rafael Celuppi, Ricardo Leidens, Fabio Luiz Araldi Petik, Maria Melz Celuppi, João Pedro Zardo Gonçalves (Chapecó-SC)

A startup ou equipe vencedora estará classificada para a etapa final do Pontes para Inovação (desde que cumpra o regulamento deste evento), uma parceria da Embrapa para conectar agritechs com investidores, visando permitir que estas possam ter acesso a recursos para acelerar seus negócios.

Além disso, a equipe vencedora poderá participar dos seminários e do espaço Digital Farming da AveSui EuroTier 2019. A feira acontece de 23 a 25 de julho, em Medianeira-PR.

O InovaPork é realizado pela Embrapa com a correalização da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), Parque Científico e Tecnológico de Chapecó e Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento (Faped). São apoiadores Sebrae, Startagro, Darwin Startups, Rede de Investidores Anjo, ACCS, Korin, Academia Suína, ódoisgo, Copérdia, Carrusca, Fapesc e Sulita.

O evento tem o patrocínio ouro da Seara, MSD Saúde Animal e BRF; patrocínio prata da ABPA, BRDE, Agriness, Biomin, Sindirações e SIPS; e o patrocínio bronze de Agroceres, ABCS, Icasa, APC do Brasil, Boehringer Ingelheim, Cedisa, Sindicarne, Ourofino, Eurotec e Nucleovet. O desafio de ideias ainda conta com a parceria das mídias Feed&Food, O Presente Rural, Suinocultura Industrial e Suino.com.

Saiba mais sobre o InovaPork no site do evento e acompanhe o perfil da Embrapa Suínos e Aves no Facebook (facebook.com/embrapasuinoseaves).

Veja também

SDA promove treinamento online para capacitar veterinários sobre investigação de doenças vesiculares11/11/20A vigilância de doenças vesiculares é um dos pilares do Programa Nacional de Vigilância para a Febre Aftosa A Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) promove, nesta semana, mais um treinamento sobre investigação de doenças vesiculares, desta vez no estado do Rio Grande do Sul. Adaptado para o formato virtual por conta da pandemia, o curso busca capacitar médicos veterinários oficiais no atendimento a suspeitas......
Pesquisa: produtividade do cafezal aumenta 15% com aplicação de aminoácidos e potássio18/05Estudo realizado no estado de São Paulo apresentou os benefícios do uso de soluções naturais no manejo nutricional da fase de maturação Os cafeicultores brasileiros estão buscando cada vez mais elevar a qualidade de seu produto no mercado. Com um grão bem desenvolvido, a melhora na bebida também é certa. Entretanto, para atingir uma colheita de sucesso, é......

Voltar para EDITORIAS