-
Postado em 04 de Março de 2020 às 08h26

Alfa faturou R$ 3,7 bilhões em 2019

Cooperativas (43)

A Cooperalfa aprovou as contas de 2019 dia 21 de fevereiro em Chapecó, na Assembleia Geral Ordinária presidida por Romeo Bet. Os dados foram explanados pelo gerente de controladoria e TI, Gilberto Fontana, que reportou o pagamento aos associados em 2019, de R$ 17,5 milhões de Cota-Capital, capitalizando no período R$ 61,2 milhões nas referidas contas.

"Até 2030, a Cooperalfa distribuirá aos sócios R$ 214,6 milhões nessa modalidade; desde o início da Cota, já foram pagos R$ 117,4 milhões, prova do poder de partilha, de acordo com o movimento de cada um, proporcionado por este projeto empresarial-associativo, a Cooperalfa" registou o contador.

Sobras e desafios 2020

As sobras de 2019 alcançaram R$ 149 milhões, perante faturamento de R$ 3,7 bilhões, e projeção de Receita Total em 2020 de R$ 4,1 Bi (10,7%). "O ano de 2019 foi de oportunidades e início de recuperação da economia, com um primeiro semestre fraco e segundo, embalado", disse Bet aos cooperados. No ano que passou, a Cooperalfa investiu R$ 114,4 milhões em patrimônio, incluindo silos, granjas, lojas e supermercados. De 2020 a 2023, cerca de R$ 270 milhões deverão ser aportados para a nova indústria de soja em Chapecó, para 2 mil ton/dia, perante atual - que será desinstalada -, e hoje processa 700 ton./dia.

Produção agrícola e insumos

Em 2019, a Cooperalfa comprou 10,3 milhões de sacas de soja (-4,5% em relação a 2018); adquiriu 2,8 milhões de sacas de trigo (+30,6%) e 9,1 milhões de sacas de milho (aumento de 15,2%). O processamento da soja ficou estabilizado em 222,2 milhões de toneladas, o mesmo ocorrendo com a industrialização de trigo, de pouca variação: 132 mil ton. em 2019.

A marca Nutrialfa processou no período 401,7 mil toneladas de rações, ante 373,5 mil ton. (+7,5%). A marca Semealfa Soja, produziu em 2019 354 mil sacas de sementes (+20% sobre 2018), enquanto as vendas de sementes de milho cresceram 13,4% (121 mil sacas).

Nos fertilizantes, a Alfa movimentou em 2019 173 mil ton., ante 167 mil (3,6%); em corretivos, o aumento de vendas foi de 8,8% (Chegamos a 50 mil ton.) Somando herbicidas, inseticidas, fungicidas, e demais itens do gênero, 3.693.000 litros foram vendidos no ano passado. Em 2018 foram 3.242.000 (13,9%).

Pecuária

Para o 1º Vice-presidente, Cládis Jorge Furlaneto, além de recuperar os prejuízos anteriores, tanto para a indústria quanto aos produtores, "a Alfa aumentou a produção entregue na Aurora em 2019 para 1.328.709 cabeças, contra 1.295.888 em 2018 (+2,5%), sendo 51.910 matrizes em produção, ante 52.266 em 2018 (-0,7%)", avaliou o diretor. A produção de aves subiu de 100.500.000 de cabeças para 103.840.000 (3,3%). A atividade leite igualmente registrou aumento da produção recebida de 136.650.000 litros para 143.470.000 milhões (5,0%).

Os acessórios e produtos veterinários tiveram vendas em 2019, de R$ 74,7 milhões, perante R$ 67,7 milhões em 2018 (+10%). Somando premixes, núcleos, sais e suplementos minerais, as vendas de 2019 da Alfa foram de 11,8 milhões de quilos, ante 10,6 milhões(11,1%).

Consumo

Embora a lenta retomada da economia brasileira, os investimentos e estratégias trabalhadas pela Rede Superalfa registraram vendas de R$ R$ 360,6 milhões, contra R$ 329,7 milhões em 2018 (9,4%). Da mesma forma, a comercialização de ferragens e materiais de construção, passaram de R$ 35,8 milhões para R$ 39,2 milhões (9,5%). E, em combustíveis, conforme relata o 2º Vice-presidente, Edilamar Wons, a redução de custos internos ajudou a atividade na forte concorrência regional, vendendo 19, 05 milhões de litros, contra 18,34 milhões do exercício anterior (+3,9%).

A teleconferência com o jornalista Alexandre Garcia encerrou a Assembleia.

 

Com informações Assessoria de Imprensa Cooperalfa

Veja também

Aurora construirá moderna fábrica de rações em Erechim02/11/20Investimentos diretos totalizarão R$ 60 milhões. Obra inicia em janeiro. A Cooperativa Central Aurora Alimentos anunciou hoje a construção de uma moderna fábrica de rações para aves e suínos no município sul-rio-grandense de Erechim mediante investimentos diretos da ordem de R$ 60 milhões. A informação foi transmitida pelo diretor de agropecuária Marcos Antônio Zordan. A unidade de......
Aurora Alimentos lança filme com exemplos de famílias que superaram desafios na pandemia13/01Quatro histórias emocionantes contadas por empregados da cooperativa lembram as de muitas famílias brasileiras em 2020 Um ano extremamente desafiador está chegando ao fim. Mas situações adversas também servem para mostrar a capacidade das pessoas em se adaptar e cooperar. E exemplos não faltam. Para demonstrar um pouco do que esse ano......
Cobb-Vantress homenageia 25 anos da Nutriza08/03Empresas celebram aniversário da Nutriza e parceria desde 2001 A Cobb-Vantress fez uma homenagem a Nutriza, empresa do Grupo Tomazini, pelos seus 25 anos de mercado. O médico veterinário e Diretor Associado da Cobb-Vantress na América do Sul, Cassiano Bevilaqua, e o gerente Regional da Cobb, Lucas......

Voltar para EDITORIAS