-
Postado em 24 de Outubro de 2019 às 09h56

Aspectos tributários entre os países do Mercosul é tema de palestra no I Fórum Internacional Agro Sem Fronteiras

Eventos (85)

O Mercosul está em uma constante busca por mercado comum. Nele, os países participantes se unem para criar uma parceria produtiva frente ao agronegócio global. Atualmente, a grande preocupação em relação à essa integralização do bloco é pautada nos aspectos tributários.
Sendo primordial buscar uma harmonização da legislação tributária para facilitar o projeto de integração, o I Fórum Internacional Agro Sem Fronteiras abre espaço para a palestra "Harmonização tributária entre os países do Mercosul".

O tema será debatido pelo advogado especializado no assessoramento de empresas em operações de importação e exportação e contratos internacionais, Eduardo Saldanha (Brasil); o Abog. Francisco Antonio Fariña, Cônsul do Paraguai em Resistência-Chaco (Paraguai); e o professor da Universidade Nacional de Misiones e contador, Rauel Karaben (Argentina). A mediação será feita pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc).

Segundo o Cônsul do Paraguai, Francisco Antonio Fariña, ainda não foram estabelecidos oficialmente acordos tributários entre os países do Mercosul, apenas reuniões para discutir as intenções de intercâmbio. "É de extrema importância chegar a um entendimento e harmonização tributária entre os membros, para conseguirmos nos posicionar ao mesmo nível internacional que os demais blocos do mundo, como por exemplo a União Europeia,", explica.

Ele também complementa que o Mercosul tem uma participação fundamental nos commodities e na distribuição e comercialização de produtos do agronegócio. "O bloco oferece alimentação para quase 50% da população mundial e, por isso, é essencial criar ambientes de discussão entre os atores desse setor para pensar em estratégias de crescimento".

I Fórum Internacional Agro Sem Fronteiras

Para discutir essa integração entre a Argentina, Paraguai e Brasil, o I Fórum Internacional Agro Sem Fronteiras reúne mais de 400 profissionais do setor. O evento acontece entre os dias 11 e 12 de novembro, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nes, em Chapecó, Santa Catarina.

O fórum é realizado pelo Bloco Regional de Intendentes, Prefeitos, Alcaldes e Empresários do Mercosul (BRIPAEM), pelo Fórum de Competitividade e Desenvolvimento para a Região Oeste, com correalização do Sebrae/SC e da Unoesc Chapecó e com patrocínio do BRDE. A organização é da Revista Setor Agro&Negócios.

Inscrições

A inscrição para participar do I Fórum Agro Sem Fronteiras é gratuita. Empresários, cooperativistas, estudantes, agentes públicos, representantes das principais cadeias produtivas do agronegócio, especialistas em logística e interessados no assunto tem o prazo para se inscrever até o dia 10 de novembro.

Acesse e garanta a sua participação: http://setoragroenegocios.com.br/forumdoagro

 

Texto: Assessoria de Comunicação do I Fórum Internacional Agro Sem Fronteiras

Imagem: Flickr Mercosul

Veja também

Rogério Goulart dará dicas para auxiliar o pecuarista em momentos de crise em webinar promovido pela Premix31/03/20 Atenta à crise causada pela pandemia do coronavírus (COVID-19), que deixou milhões de brasileiros em quarentena, a Premix lança o Projeto Pros@ Digital, com o objetivo de auxiliar o pecuarista a atravessar o momento turbulento pelo qual passa o mercado brasileiro. O primeiro webinar, videoconferência de cunho educacional, acontece no dia 2 de abril, às 16h30. O......
MSD Saúde Animal traz Temple Grandin ao Brasil19/09/19 Mantendo o compromisso em fomentar discussões que contribuam para a melhoria da pecuária brasileira, com foco em produtividade, eficiência e sustentabilidade sem deixar de lado as inovações voltadas ao bem-estar animal, a MSD......

Voltar para EDITORIAS