-
Postado em 07 de Abril de 2020 às 09h13

Marrocos abre mercado para genética avícola brasileira

Avicultura (33)

O Escritório Nacional de Segurança Sanitária dos Alimentos (ONSSA) do Marrocos autorizou a importação de pintos de um dia e ovos embrionados provenientes do Brasil, informou esta semana o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) à Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

O pedido de exportação ao mercado do Norte da África foi apresentado pela ABPA ao MAPA em 2019. A viabilização dos embarques dependia da constituição de um Certificado Zoossanitário Internacional (CZI), o que foi finalizado pelas autoridades brasileiras e marroquinas este ano.

De acordo com o presidente da ABPA, Francisco Turra, a autorização das exportações fortalece a posição brasileira como plataforma exportadora de material genético para o mundo.

“Livre de Influenza Aviária e com um dos melhores status sanitários entre os produtores avícolas internacionais, o Brasil agora contará com um novo destino para embarcar produtos de alta segmentação e valor agregado. Brasileiros e marroquinos serão beneficiados com a viabilização destas exportações”, ressalta.

 

Com informações Assossoria de Imprensa ABPA

Veja também

7 dicas para realizar um programa de biosseguridade eficiente em incubatórios26/11/20Manter o monitoramento nos principais pontos de entrada de doenças no incubatório pode garantir a produção de aves de qualidade e com melhores resultados Os incubatórios são criadouros que passam por constantes ameaças de patógenos, devido às condições climáticas no interior do ambiente, circulação de pessoas, tráfego de veículos de diversos locais e entrada de materiais. Somado a isso, a alta rotatividade de ovos que chegam vindos de diversas granjas contribuem para que os......

Voltar para EDITORIAS