-
Postado em 07 de Abril de 2020 às 09h13

Marrocos abre mercado para genética avícola brasileira

Avicultura (40)

O Escritório Nacional de Segurança Sanitária dos Alimentos (ONSSA) do Marrocos autorizou a importação de pintos de um dia e ovos embrionados provenientes do Brasil, informou esta semana o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) à Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

O pedido de exportação ao mercado do Norte da África foi apresentado pela ABPA ao MAPA em 2019. A viabilização dos embarques dependia da constituição de um Certificado Zoossanitário Internacional (CZI), o que foi finalizado pelas autoridades brasileiras e marroquinas este ano.

De acordo com o presidente da ABPA, Francisco Turra, a autorização das exportações fortalece a posição brasileira como plataforma exportadora de material genético para o mundo.

“Livre de Influenza Aviária e com um dos melhores status sanitários entre os produtores avícolas internacionais, o Brasil agora contará com um novo destino para embarcar produtos de alta segmentação e valor agregado. Brasileiros e marroquinos serão beneficiados com a viabilização destas exportações”, ressalta.

 

Com informações Assossoria de Imprensa ABPA

Veja também

A inovação disruptiva como grande aliada para o crescimento sustentável do negócio22/03 Durante sua participação no SBSA 2021 virtual a multinacional francesa apresentará temas com a finalidade de propor uma reflexão sobre a importância da inovação e do emprego de tecnologias nas operações avícolas.   Tecnologia disruptiva ou inovação disruptiva é um conceito que ganha adesão e passa a ser......
Biossegurança para uma produção com menos riscos23/11/18 Questões de segurança e sanidade dos animais ainda são os principais desafios nos aviários de aves de postura.   Produzir ovos pode ser uma tarefa difícil, principalmente se o produtor não estiver atento......

Voltar para EDITORIAS