-
Postado em 02 de Junho às 11h36

Pigger Cream a escolha ideal para o apoio a matrizes hiperprolíficas

Suinocultura (39)

O desenvolvimento da suinocultura nacional exige o uso de tecnologias nutricionais e ferramentas para o suporte aos desafios diários da atividade

Sempre em busca por soluções nutricionais voltadas para a suinocultura é que a Polinutri, empresa especializada em nutrição animal sediada em Osasco (SP), trouxe para o mercado o Pigger Cream, produto lançado no início de 2019 como forma de apoio ao manejo as fêmeas hiperprolíficas em parceria com a Liprovit (Holanda).

“Este é um alimento em linha ao notório avanço genético e a alta prolificidade das granjas nacionais que em muitos casos atingem índices superiores a 18 leitões vivos/porca”, explica a Gestora Comercial da Polinutri, Camila Brandão.

De acordo com o Gerente de Negócios Suinocultura da Polinutri, Felipe Ceolin, ao longo deste período, os resultados da parceria entre a Polinutri e a empresa holandesa têm sido consistentes e motivo de comemoração. Isso por conta da qualidade e facilidade do uso do Pigger Cream. “Oferecemos para o mercado um leite UHT palatável de elevada qualidade nutricional que atua diretamente para o desenvolvimento de leitões fortes e saudáveis, além de ser pronto para uso”, detalha Felipe.

Quem atesta todas essas considerações é a encarregada de Maternidade na Agropecuária Ponta Verde, Leopoldo de Bulhões (GO), Claudilene Aparecida Costa. Em um plantel formado por 626 matrizes ela relata que passou a fazer uso do Pigger Cream com objetivo de reduzir os índices de mortalidade neonatal da granja. “Passamos a utilizar o Pigger Cream para leitões de baixa viabilidade. Estratégia que já apresenta resultados por meio da redução da mortalidade desses leitões”, relata e continua: “o que mais surpreendeu foi uma leitegada prematura com 106 dias de gestação. Fornecemos o Pigger Cream misturado ao leite, 50% de cada nos dois primeiros dias. Dos 12 leitões nascidos conseguimos salvar 10 leitões.”

Sobre a Polinutri – Fundada em 1989 a empresa atua no desenvolvimento, na produção e comercialização de soluções e produtos para a nutrição e saúde animal. Conta com três unidades industriais – Treze Tílias (SC), Euzébio (CE) e Maringá (PR) –, dois Centros de Distribuição (CDs) – Lavras (MG) e Lajedo (PE) – e sede administrativa em São Paulo (SP). Aliado a isso conta com um laboratório próprio em Maringá (PR) reconhecido e atestado pela FAO, Embrapa e Rommer Labs. Atualmente a empresa atende os mercados de ração acabada, premix e núcleos para as áreas de bovinocultura de corte e leite, suinocultura, avicultura de corte e postura, carcinicultura, piscicultura, peixes ornamentais e pets.

 

Texto e imagem: Giracom

Veja também

Frente parlamentar da Suinocultura será lançada na ALESC22/04/19 Intenção é promover o desenvolvimento e o fortalecimento da atividade.    Com o objetivo de discutir os principais desafios da Suinocultura Catarinense, será lançada nesta terça-feira (23), a Frente Parlamentar da Suinocultura. Requerida pelo deputado estadual Altair Silva, a frente será lançada na Sala das Comissões da Alesc, às......
Custo de produção de suínos passa dos R$ 7 por quilo vivo07/06 Os custos de produção de suínos e de frangos de corte tiveram uma elevada alta em abril segundo o estudo mensal publicado pela CIAS, a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa, que disponibiliza as......

Voltar para EDITORIAS